Idoso de 89 anos pede vizinha para fazer mingau, tenta agarrá-la e é preso por importunação sexual, diz polícia

0
130

Crimes aconteceram em fevereiro deste ano, em Araguaína. Idoso chegou a ser solto em audiência de custódia. Ele também foi indiciado por lesão corporal, por agredir a vítima com cacete. Idoso foi indiciado por importunação sexual e lesão corporal
Divulgação/ SSP
Um idoso de 89 anos foi indiciado por importunação sexual e lesão corporal, após agredir e assediar uma mulher de 39 anos, em Araguaína. Segundo a polícia, o suspeito tentou agarrar a vítima, ofereceu dinheiro em troca de favores sexuais e deu um golpe de cacete na cabeça dela. Crimes aconteceram em fevereiro deste ano.
Conforme as investigações da polícia, a vítima voltava para casa com uma amiga quando o idoso, que é seu vizinho, lhe pediu para preparar um mingau. Na casa, o suspeito tentou agarrar a vítima, que o afastou. O idoso ainda continuou assediando ela e ofereceu R$ 100 em troca de favores sexuais. Após as recusas da mulher, o idoso então golpeou a cabeça dela com um cacete.
LEIA TAMBÉM
Suspeito de matar a ex-mulher, a mãe e o padrasto dela e tirar a própria vida era segurança e não aceitava o fim do relacionamento
Briga que levou à espancamento de adolescente em escola teria iniciado na internet, diz PM
Mãe, filha e padrasto: veja quem são as vítimas assassinadas por homem que tirou a própria vida
No dia, o suspeito chegou a ser preso em flagrante, mas foi solto em audiência de custódia. Segundo o delegado responsável pelo caso, Luís Gonzaga da Silva, as vítimas informaram que o idoso abordava mulheres e fazia comentários de teor sexual com frequência.
O inquérito foi finalizado e o caso será encaminhado ao Ministério Público e Poder Judiciário. Se condenado pelos crimes, o idoso pode ficar de dois à 10 anos preso.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins