Vendedora tem parte da orelha arrancada com mordida após cobrar dívida de cliente, diz polícia

0
223

Em um vídeo publicado nas redes sociais, Raylland diz que a cliente teria comprado mais de R$ 1 mil em semi-joias. A vítima foi agredida dentro do local de trabalho e perdeu o emprego. Mulher que perdeu parte da orelha em briga diz que vai precisar de cirurgia
Raylland Ferreira Barros de 28 anos teve parte da orelha arrancada com uma mordida após cobrar a dívida de uma cliente em Araguaína. Segundo a Polícia Militar, a vítima teria vendido algumas semi-joias para a suspeita de 25 anos. Em um vídeo publicado nas redes sociais, Raylland diz que a cliente teria comprado mais de R$ 1 mil em joias. E que as sequelas da agressão agora afetam o seu trabalho.
“É uma coisa que mexe comigo porque eu trabalho com semi-joias então eu preciso expor as minhas peças em mim, né? Preciso mostrar para as minhas clientes. Preciso tirar foto para mostrar o meu produto. Mas eu sei que tudo vai se resolver”, contou.
Raylland Ferreira de 28 anos tem parte da orelha arrancada após cobrar dívida de cliente
Reprodução/redes sociais/Raylland Ferreira
A vítima chegou a ser atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e foi levada para o Hospital Regional de Araguaína. O g1 tenta contato com a suspeita, que não teve o nome divulgado pela vítima ou pela polícia.
As agressões aconteceram na última quarta-feira (6), em uma loja que fica no Setor Oeste. Um vídeo gravado por Raylland, mostra trechos da conversa que teria tido com a suspeita, onde após a cobrança, a mulher chega a dizer que “tu quiser esperar, espera. Se não quiser azar o seu. E se quiser tretar [brigar] comigo só ‘bora’ vê quem é mais louca”.
Raylland divulgou em vídeo conversas que teria tido com a suspeita
Reprodução/redes sociais/Raylland Ferreira
“Ela disse que não queria a pulseira, que era para eu pegar a pulseira e vender para cobrir o valor que ela me devia. Eu falei para ela que isso não existia. Ela achou ruim e começou a me ameaçar. Disse que ia no meu local de trabalho me bater”, contou a vítima.
Segundo a PM, a suspeita respondeu que não teria o valor e precisava de um prazo, no entanto, a vítima teria dito que não poderia esperar. Conforme o relatório da polícia, após a vítima publicar as informações na internet, a suspeita foi até o local de trabalho dela onde começaram a brigar.
“Por volta de 9h ela entrou na loja e eu estava no balcão, tinha uma faquinha de serra no balcão que eu tinha usado para comer ovos. A minha reação foi pegar aquela faca antes dela vir para cima de mim. Ela me bateu, eu bati nela e nessa história eu sai prejudicada porque ela mordeu a minha orelha que arrancou um pedação. Vou ter que passar por cirurgia plástica”, explicou Raylland no vídeo.
Vítima teve parte da orelha arrancada com uma mordida durante briga em Araguaína
Reprodução/redes sociais/Raylland Ferreira
Durante a confusão, a mulher de 25 anos arrancou um pedaço da orelha da vítima com uma mordida. Segundo a PM, a suspeita chegou a fugir, mas foi encontrada após buscas na região. Ela foi levada para a 5ª Delegacia da Polícia Civil de Araguaína, onde foi autuada por lesão corporal.
“Atualmente estou um pouco ansiosa porque não é uma situação fácil. Não sei porque a pessoa tem tanto ódio no coração. Uma pessoa dessa não é feliz. Eu tenho muita coisa a perder e ela não”, disse Raylland.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: G1 Tocantins